Conselhos

IPAP vs CPAP


A terminologia da polissonografia, ou estudos do sono, pode ser confusa. Mas qualquer discussão sobre o assunto provavelmente começa com o conhecimento da diferença entre CPAP e IPAP, além de outros termos como EPAP e BIPAP.

CPAP

CPAP significa pressão positiva contínua nas vias aéreas. Este é o tipo mais comum de tratamento para a síndrome da apneia obstrutiva do sono. A máquina CPAP está configurada para uma pressão fixa, que varia de quatro a 18 ou mais, dependendo do modelo.

IPAP

IPAP significa pressão positiva inspiratória nas vias aéreas. É usado em conjunto com EPAP, ou pressão positiva expiratória nas vias aéreas. A combinação dessas duas pressões é o que caracteriza o BIPAP, ou tratamento de dois níveis.

Por que CPAP versus IPAP?

O CPAP é usado para apneia obstrutiva do sono padrão. No entanto, alguns pacientes têm baixos níveis de oxigênio que não ressaturam durante a noite. Para pacientes com essa condição, conhecida como síndrome da hipoventilação, o objetivo é aumentar o oxigênio ventilando através do uso da pressão de inalação e pressão de expiração.

Qual é melhor para você?

Se o seu estudo do sono descobrir que você sofre dessaturação de oxigênio, mas seu nível de oxigênio aumenta entre as apneias, você pode precisar apenas de CPAP. O IPAP é reservado para aqueles pacientes que precisam de assistência extra para ventilar durante o sono. Nesses casos, não se trata apenas de abrir as vias aéreas, mas também de auxiliar na respiração.

Outras considerações

Alguns pacientes acham mais fácil tolerar pressões IPAP e EPAP do que o tratamento com CPAP sozinho. No entanto, na maioria dos casos, o BIPAP deve ser reservado para pacientes que precisam de oxigenação adicional.