Conselhos

Sobre o sangramento fibróide


Miomas uterinos são tumores não cancerígenos comuns que se formam no útero de uma mulher. Miomas se desenvolvem na parede uterina ou se ligam a ela. Eles podem ser muito pequenos ou crescer para vários quilos. Eles podem crescer sozinhos ou em grupos e podem resultar em dor pélvica, micção frequente e sangramento.

Tipos

Miomas que estão na parede uterina são conhecidos como miomas intramurais. Aqueles que crescem fora do útero são chamados subserosais, enquanto aqueles que se desenvolvem no próprio útero são miomas submucosos. Esse é o tipo que pode precipitar sangramentos intensos e não precisa ser tão grande para ser um problema sério. Eles podem fazer uma mulher sangrar muito durante a menstruação e entre os períodos.

Efeitos

O sangramento uterino é o sintoma que leva a maioria das mulheres a procurar tratamento para miomas. Os miomas podem fazer com que a cavidade uterina fique maior, o que forma uma área maior que pode ser sujeita a sangramento menstrual. A pressão dos miomas também pode resultar em sangramento. O sangramento anormal do útero pode ser causado por outras condições - não se deve presumir que os fibróides sozinhos sejam a causa até que um exame completo seja realizado. Os perigos para uma mulher de sangramento fibróide incluem sofrimento físico e emocional, bem como tonturas e desmaios causados ​​pela perda de sangue. Anemia pode ser outro efeito colateral desse sangramento.

Teorias / Especulação

As razões exatas dos fibróides às vezes causam sangramento intenso são desconhecidas, mas uma teoria propõe que, quando o revestimento uterino é eliminado durante o período da mulher, o útero está sujeito a sangramento. Esse sangramento pode ser interrompido pela coagulação normal do sangue ou pelo útero, pois é um músculo que contrai e aperta os vasos sangrantes. Este aperto resulta nas cólicas que as mulheres experimentam durante um período. O pensamento é que os miomas não permitem que essa contração muscular funcione adequadamente, deixando os vasos sanguíneos abertos por mais tempo do que normalmente seriam. Acredita-se também que os miomas produzam proteínas que fazem com que os vasos sanguíneos próximos e cresçam e se expandam, o que significa que mais sangue pode ser perdido durante a menstruação.

Prevenção / Solução

O seu médico desejará conhecer seu histórico médico antes de fazer um exame físico para determinar o que fazer se você tiver sangramento fibróide. Os exames de ultrassom na pelve podem localizar miomas e permitir que o médico identifique o tamanho deles. Uma amostra de tecido retirada do próprio útero, chamada biópsia endometrial, pode ser útil na identificação de miomas. Uma histeroscopia emprega uma minúscula câmera em um tubo para obter uma visão do útero e uma histerossalpingografia é um teste no qual um corante é injetado no útero, permitindo que os raios X da região mostrem o que estiver presente. A laparoscopia é um método cirúrgico que pode remover miomas usando uma câmera de fibra óptica para guiar os movimentos do cirurgião.

Expert Insight

Uma mulher precisa procurar uma opinião médica se sentir sangramento entre períodos ou sangramento menstrual incomumente intenso, do tipo que absorve até três compressas em uma hora. Miomas ocorrem em um quarto de todas as mulheres e são a causa mais comum de histerectomia. As estatísticas mostram que 20% das mulheres com mais de 35 anos têm miomas uterinos.