Conselhos

É saudável correr uma milha por dia?


Correr é bom para você, mesmo que você corra apenas uma milha por dia. Você não precisa treinar para uma maratona ou correr 48 quilômetros por semana como um arizonano para colher as recompensas da corrida. Uma milha por dia é de cinco a sete milhas por semana, o que oferece consideráveis ​​benefícios à saúde - para o seu coração, seu corpo como um todo, seu humor e o prazer geral da vida. Desde que você observe certas precauções de segurança, corra dentro dos seus limites e em temperaturas moderadas, correr é uma situação em que todos saem ganhando. Isso ocorre porque o intenso exercício cardiovascular da corrida cria músculos eficientes que promovem a circulação, produzem uma freqüência cardíaca saudável e reduzem a probabilidade de doenças cardíacas, de acordo com Jonathan Meyers, cientista de pesquisa em saúde do Sistema de Saúde para Assuntos dos Veteranos de Palo Alto, na Califórnia, conforme citado na Scientific American. "O exercício tem um efeito favorável em praticamente todos os fatores de risco de doenças cardiovasculares", diz Meyers.

Benefícios para a saúde do coração

Além de promover uma boa circulação e construir um coração forte, correr apenas uma milha por dia pode aumentar a longevidade, de acordo com um estudo na Holanda, que revelou que pessoas que correm menos de 30 minutos por dia, cinco dias por semana reduziram o risco de morte prematura e melhoraram sua longevidade em mais de 3,5 anos, de acordo com o Running Planet. Correr também ajuda a reduzir o colesterol ruim (LDL) enquanto aumenta o colesterol bom (HDL) no sangue, além de reduzir a pressão sanguínea de 20 a 50%, apenas por ser fisicamente ativo.

Outros benefícios para a saúde

Além de reduzir o risco de doenças cardíacas, a corrida regular ajuda a reduzir o risco de diabetes e câncer, principalmente câncer de mama e cólon, observa Running Planet. Os benefícios gerais da corrida não param por aí; a corrida oferece uma verdadeira cornucópia de benefícios. É um exercício de alto impacto, que produz maior densidade óssea. As pessoas costumavam acreditar que correr pode machucar os ossos, tornando-os mais fracos, mas as pesquisas provaram que essa suposição é falsa. De fato, os ossos ficam mais fracos quando uma pessoa não pratica exercícios de alto impacto. Atletas que praticam exercícios de alto impacto têm maior densidade óssea do que pessoas que praticam apenas exercícios de baixo impacto.

Os ossos respondem ao estresse do impacto, tornando-se mais fortes, exatamente da maneira que os músculos. Você já ouviu falar da alta do corredor. Os corredores geralmente se sentem tão altos durante um esforço intenso, porque a corrida ativa os analgésicos naturais do cérebro, as endorfinas, fazendo com que o corredor se sinta bem. Correr regularmente também tende a produzir níveis mais baixos de depressão nas pessoas que correm. As pessoas que correm uma milha por dia podem colher todos esses benefícios, tanto quanto as que correm várias milhas por dia.

Alongamento, aquecimento e hidratação

O alongamento aquece os músculos, tendões e ligamentos e transita o corpo de um estado de repouso para o exercício de exercícios intensos. O alongamento também promove amplitude de movimento, saúde das articulações e flexibilidade. Se os tendões de Aquiles ou os músculos da panturrilha estiverem tensos, estique-os antes de correr. Alongar antes de uma corrida também ajuda a reduzir a dor muscular após a corrida. Para aquecer seu sistema cardiovascular, tente fazer jogging em papelaria por dois minutos em baixa intensidade. Este é um aquecimento eficaz para o seu coração e reduz o estresse durante a corrida. O aquecimento aumentará lentamente sua freqüência cardíaca, para que tenha o melhor desempenho durante a corrida. Beber água antes, durante e depois da corrida irá mantê-lo adequadamente hidratado. Deixe esfriar por alguns minutos após a corrida para permitir que seu corpo se recupere do esforço. Caminhe, estique e beba água. Seu coração e pressão arterial precisam de tempo para retornar ao estado de repouso.

Executar dentro dos seus limites

Por mais benéfico que seja a corrida, você precisa tomar precauções para evitar lesões, exaustão ou desidratação. Na melhor das hipóteses, uma lesão é inconveniente; na pior das hipóteses, uma lesão pode impedir você de executar semanas, meses ou mais. A exaustão e a desidratação podem ser fatais, principalmente se o corredor não estiver adequadamente condicionado ou se o atleta estiver tentando correr em condições simplesmente quentes demais. Seja você um atleta de fim de semana, um novato ou retornando à corrida após uma ausência, não quer correr muito longe ou muito rápido nas primeiras corridas. A sabedoria convencional afirma que é melhor correr a um ritmo lento o suficiente para manter uma conversa. Se você secar o peso ou ficar com um ponto ao lado, diminua o ritmo. A temperatura certa no exterior também é importante. É melhor correr ao ar livre apenas em temperaturas moderadas, para evitar desidratação ou superaquecimento. Se estiver muito quente lá fora, é mais seguro correr dentro de casa em uma esteira ou em uma pista interna.